In Video

1. Será que, como evangélicos, é possível falar do Islã e dos muçulmanos de uma forma objetiva e intelectualmente honesta e, ao mesmo tempo, não comprometer nenhuma de nossas convicções cristãs?

2. Você está de acordo com a afirmação “a compreensão que temos da Islã influencia a nossa atitude em relação aos muçulmanos”? Por quê?

3. Muitos evangélicos acreditam em uma fórmula simplista que diz que como os árabes são inimigos do “Povo de Deus”, eles são, portanto, nossos inimigos. Existe base bíblica para sustentarmos essa perspectiva?

4. Diante das atrocidades cometidas por grupos muçulmanos radicais, tendemos a generalizar e passamos a crer que todo muçulmano é violento e terrorista, e vemos o Islã como a própria manifestação da maldade. Será que essa perspectiva é correta? Justifique sua resposta.

Comments

Recommended Posts